Bauru - 14/09/2018 - 07h10

Rua no Roosevelt se transforma em 'lixão''

JCNET

Restos de comida, fezes de animais, entulho, eletrodomésticos quebrados e objetos queimados. Não, esta não é a descrição de um lixão, mas sim, da rua na quadra 29 da Coronel Alves Seabra, no Pq. Roosevelt, em Bauru.

O lixo é tanto que a Secretaria Municipal de Obras terá de limpar o local antes de dar continuidade à pavimentação. "Quem garante que, depois de asfaltado, a população não vai manter o hábito de sujar o espaço?", questiona o titular da pasta, Ricardo Zanini Olivatto.

Ainda de acordo com ele, a expectativa é de que a via seja limpa entre o final deste mês e o início de outubro. Em seguida, o objetivo é fazer a drenagem do escoamento do rio, com o intuito de combater a erosão que cerca este trecho.

Para tanto, serão necessários equipamentos específicos, que, no momento, estão atendendo outras demandas, como a colocação de galerias de drenagem na rua Luiz Levorato e no Val de Palmas, além da terraplanagem no acesso da estrada do Rio Verde.

Segundo o secretário, a previsão é de que todo o serviço seja concluído em fevereiro do ano que vem. Mesmo assim, Olivatto pede um pouco mais de consciência por parte da população. "Enquanto a obra não é executada, muita gente aproveita a oportunidade para jogar lixo, dando ainda mais trabalho para o município".

Infelizmente, este não é um caso isolado. Diante de várias reclamações sobre depósito de lixos em locais errados, a Prefeitura de Bauru apostou na instalação de letreiros, como forma de orientar a população sobre a proibição do descarte irregular de detritos, em espaços onde há área de preservação ambiental ou a coleta não é feita.

Últimas notícias