Bauru - 08/12/2018 - 10h30

Ato pede rigidez na lei de maus-tratos a animais

Marcha no Calçadão, hoje à tarde, lembra morte de cachorro em Osasco
JcNet

Um protesto pedindo mais rigidez na lei de crime de maus-tratos aos animais será realizado, neste sábado (8), no Centro de Bauru. O ato terá concentração na Praça Rui Barbosa, às 15h, e os participantes seguirão em marcha pelo Calçadão. Organizada na cidade pela SOS Gatinhos, a ação ocorre em consonância com um protesto que também deve ocorrerá na Capital e em outros Estados, com objetivo de lembrar a morte de uma cachorra no último dia 28, em Osasco.

"Pedimos aos participantes para irem vestidos de preto e para levarem cartazes de protesto. As leis precisam mudar. Centenas de animais são mortos todos os dias, como aconteceu com a cadela de Osasco. E nada acontece. Os responsáveis acabam pagando cestas básicas e serviços comunitários apenas", critica Sandra Ariede, presidente da SOS Gatinhos.

O objetivo da marcha é chamar a atenção da população e das autoridades para o caso e defender a mudança na Lei de Crimes Ambientais, que prevê pena de 3 meses a 1 ano para quem é flagrado praticando ato de abuso, maus-tratos, ferindo ou mutilando animais, atualmente.

CASO DE OSASCO

A polícia investiga a morte de uma cadela que teria sido cometida por um segurança do Carrefour. O animal teria sido espancado e envenenado. Em nota, o Carrefour diz que repudia qualquer tipo de maus-tratos e, preventivamente, afastou a equipe responsável pela segurança do local até que a apuração chegue ao fim e as devidas providências sejam adotadas.

Últimas notícias