Bauru - 16/01/2019 - 14h35

Bauru poderá ver eclipse total da lua

Redação

Na madrugada de domingo para segunda-feira (20-21/01), o Brasil poderá assistir ao último eclipse total da Lua até 2021 e o Observatório de Astronomia da Unesp de Bauru preparou um evento especial para observar o fenômeno: a Virada Astronômica. Antes, haverá palestra para explicar ao público os detalhes de como ocorrerá o eclipse.

Todo o processo poderá ser avistado até mesmo sem uso de telescópio por moradores das Américas, de grande parte da Europa e da África ocidental. A expectativa, segundo os horários informados pela Nasa, é de que a Lua entre na sombra da Terra a partir de 1h34 de 21 de janeiro e saia completamente às 4h51.

Durante a primeira hora, o satélite natural será lentamente encoberto a partir do lado esquerdo. O eclipse total deverá durar aproximadamente uma hora, de 2h41 a 3h43, mas a expectativa é de que a Lua não fique completamente invisível, mas sim avermelhada devido à incidência indireta de raios solares.

Embora o fenômeno só vá começar de madrugada, quem for ao Observatório da Unesp poderá assistir, mais cedo, à palestra "Eclipse Lunar Total de 21 de janeiro de 2019", que será ministrada às 20h e às 21h de domingo pelo professor Emerson Perez. O especialista é graduado em física e foi diretor dos planetários de Presidente Prudente, Ibirapuera e Carmo, em São Paulo, bem como do planetário de Santo André.

"Os visitantes também poderão participar de uma animada e instrutiva conversa informal sobre astronomia com os monitores do Observatório e o palestrante ao longo de todo o eclipse, em uma verdadeira Virada Astronômica", informa o material enviado pela organização do evento.

O fenômeno
O eclipse lunar total é um fenômeno astronômico relativamente raro, que ocorre quando a Lua é ocultada totalmente pela sombra da Terra, em geral, sendo visível a olho nu. Ele ocorre sempre que o Sol, a Terra e a Lua se encontram próximos ou em perfeito alinhamento, estando a Terra no meio destes outros dois corpos celestes.

Assim, a sombra da Terra projeta-se sobre a Lua, que fica encoberta, recebendo somente a luz indireta do Sol. Vale destacar que o eclipse lunar ocorre somente com a Lua cheia, pois somente neste momento torna-se possível o alinhamento com a Terra em relação ao Sol.

Observatório
A entrada é gratuita, aberta para todas as idades e dispensa agendamento prévio. O Observatório fica nas dependências do IPMet, ao lado do câmpus da Unesp, na estrada municipal José Sandrin, Chácaras Bauruenses.

Últimas notícias