Bauru - 08/01/2019 - 18h45

Tem início projeto de lazer da Lagoa da Quinta da Bela Olinda

Redação

A Prefeitura de Bauru recebeu na tarde desta terça-feira (08/01), a batimetria (medição de profundidade) da lagoa da Quinta da Bela Olinda.

O estudo feito, por meio de doação de empresa privada, mostra que a margem da lagoa tem pouco mais de meio metro de profundidade e logo atinge mais de 9 metros.

Como o local já teve ocorrências de muitos afogamentos, a batimetria vai servir como referência para a elaboração de um projeto que será apresentado para a cidade ainda em janeiro.

“O projeto será importante por três motivos: o primeiro é porque a região da Quinta da Bela Olinda é carente de espaços de lazer, a segunda razão é que estão previstas, durante a expansão urbana, a construção de quase 7 mil unidades habitacionais acima da lagoa e o terceiro motivo é que além da expansão urbana, vamos colocar como contrapartida dos imóveis que estão sendo instalados na região, o valor para a revitalização da lagoa e do parque linear que fará parte da arte desse projeto”, explica o prefeito Clodoaldo Gazzetta.

Enquanto o projeto de revitalização é elaborado com urgência, e as medidas de profundidade da lagoa da Quinta da Bela Olinda não são diminuídas, a prefeitura de Bauru pede prudência para a população não entrar no local, pois além da água estar imprópria para lazer, apresenta riscos de morte.

Últimas notícias