Bauru - 22/03/2019 - 14h35

Feira Ubá celebra 15 anos incentivando a cultura artesanal

Redação

A tradicional Feira Ubá, realizada pela Secretaria Municipal de Cultura e Conselho Gestor da Ubá, completa 15 anos neste mês. Todo fim de semana, a feira reúne artesãos que expõem e comercializam trabalhos em crochê, tricô, entalhe e marchetaria em madeira; bordados, pintura em tecido, madeira e cerâmica e outros. Em 2018, cerca de 80 feiras foram realizadas.

O artesanato é o trabalho em que o artesão utiliza as mãos como ferramenta de trabalho, confeccionando peças exclusivamente de forma manual. O artesanato é uma alternativa aos produtos que saem em massa das linhas de montagem das indústrias e caracteriza-se como uma manifestação cultural.

O artesanato é fonte de renda para muitas pessoas e a Feira Ubá é uma forma de assegurar que essa manifestação artística se mantenha viva. Muitas feiras de arte e artesanato são organizadas em diversas cidades do Brasil, assegurando que os artesãos possam vender seu trabalho.

Em Bauru, a Feira Ubá foi instituída pela Lei n° 4958, de 24 de março de 2003, buscando a valorização e comercialização da arte e do artesanato, expressões populares que são materializadas das mais diferentes maneiras pelas mãos de artistas e artesãos.

Segundo Rita Botta, coordenadora do Conselho Gestor da Feira Ubá há 8 anos, “a feira é uma vitrine. As pessoas vão ver os trabalhos e podem até pedir encomendas. É uma forma de ter uma pequena renda com a venda do próprio produto.”

Ubá: dos cestos às feiras
Ubá é o nome de uma gramínea usada para fazer cestos indígenas. A feira recebeu este nome em homenagem aos índios, que vendiam os cestos na região onde está localizado o Parque Vitória Régia. Segundo a história, o local era repleto de palmeiras que eram chamadas de Ubá, pelos índios. A fibra das folhas dessas palmeiras eram usadas para confeccionar cestos, um dos principais artesanatos da região. A origem da palavra vem de “ybá-uru”, que, traduzido da língua tupi, significa "cesta de frutas”

Calendário
A próxima feira será realizada no primeiro domingo de abril, dia 7, no pátio da antiga Estação da Companhia Paulista, na Rua Rio Branco, 3-16, centro.

Como expor na Feira
Os artesãos interessados em participar das Feiras Ubá devem entrar em contato com a Secretaria Municipal de Cultura, pelo telefone 3232-4343, para agendamento de horário e obter informações sobre a documentação necessária.

Após a aprovação, o artesão recebe uma carteira de identificação emitida pela Subsecretaria do Trabalho Artesanal nas Comunidades (SUTACO), que o credencia para a participação de Feiras Artesanais, dentro do Estado de São Paulo. Os trabalhos devem seguir as regras estabelecidas pelo órgão.

Últimas notícias