Bauru - 28/03/2019 - 15h00

Homem é preso em Bauru durante operação contra pornografia infantil

Redação/Bruno Freitas - JCNet

A Polícia Civil de Bauru, por meio da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), atuando em operação de âmbito nacional, prendeu em flagrante, nesta quinta-feira (28/03), um homem de 36 anos acusado de armazenar conteúdo pornográfico infantil. Servidor público estadual e morador do Jardim Bela Vista, ele também possuía em casa um pequeno arsenal composto por quatro armas de fogo e facas, sendo a maioria do tipo de caça, além de munições.

De acordo com a delegada Priscila Bianchini, titular da DDM, atuaram na Operação Luz da Infância, em Bauru, sete policiais civis de sua equipe. Eles tinham este único alvo, que já vinha sendo investigado e foi preso. A identidade do indivíduo, porém, não foi divulgada pela polícia.

Ainda segundo a DDM, foram apreendidos sob a posse do acusado um notebook, um celular e dois pen drives, todos com armazenamento de vídeos pornográficos envolvendo crianças. Com ele estavam também dois revólveres, uma espingarda, uma garrucha, 22 facas e 117 projéteis de calibres variados (foto acima).

“O alvo preso hoje será indiciado por dois crimes: pelo armazenamento de pornografia infantil, cuja pena varia de um a quatro anos, e posse ilegal de arma de fogo, que prevê de um a três anos de reclusão”, informa Priscila Bianchini. A delegada ressalta ainda que o material eletrônico apreendido foi destinado para perícia. O objetivo é investigar se havia a transferência de dados.

Operação Nacional
A Polícia Civil de todo o Brasil realiza, nesta quinta-feira, uma operação nacional contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes praticados na Internet. A ação, denominada Luz na Infância 4, cumpre 266 mandados de busca e apreensão de arquivos com conteúdos relacionados aos crimes de exploração sexual. No Estado de São Paulo são 87 mandados de busca e apreensão, sendo um deles já executado em Bauru.

A força-tarefa coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) envolve Polícias Civis do Distrito Federal e de 26 Estados.

Ao todo, foram mobilizados mais de 1.500 policiais para o cumprimento da missão. A ação desencadeada é decorrente de cooperação mútua entre a Diretoria de Inteligência e a Diretoria de Operações, ambas vinculadas à Secretaria de Operações Integradas do MJSP.

Na Luz da Infância 2, feita em 17 de maio de 2018, as polícias civis dos Estados cumpriram 579 mandados de busca, resultando na prisão de 251 pessoas. Na ocasião, foram presas duas pessoas em Bauru, uma em Lençóis Paulista, uma em Botucatu e outra em Dois Córregos. Também foram realizadas buscas em Jaú.

E por último, a Luz da Infância 3, deflagrada no dia 22 de novembro de 2018 no Brasil e na Argentina, cumpriu 110 mandados de busca, resultando na prisão de 46 pessoas.

Últimas notícias