Bauru - 15/04/2019 - 15h00

Incêndio atinge a Catedral de Notre-Dame, em Paris

Redação

Um incêndio atingiu a catedral de Notre-Dame, em Paris, nesta segunda-feira (15/04). De acordo com o porta-voz de Notre Dame, o incêndio foi declarado às 18h50 do horário local (13h50 de Brasília), praticamente na mesma hora em que acaba o horário de visitação (18h45). A polícia isolou a área e está retirando os muitos turistas que estavam dentro da catedral, diz a agência Efe.

A procuradoria francesa já abriu uma investigação para determinar o que iniciou o fogo.

'Não restará nada'
Segundo Emmanuel Grégoire, vice-prefeito de Paris, uma missão especial foi iniciada para tentar salvar as obras de arte no local. A previsão é que o interior de madeira da igreja seja completamente destruído. "Está tudo queimando, não restará nada da estrutura, que data do século XIX de um lado e do XIII do outro", lamentou pouco antes André Finot, porta-voz da catedral.

O presidente da França, Emmanuel Macron, cancelou um discurso à nação que faria nesta tarde por conta do incêndio. Ele se dirige ao local, assim como o primeiro-ministro Édouard Philippe. "Como todos os nossos compatriotas, estou entristecido nesta tarde de ver esta parte de nós queimar", disse o presidente.

No ano passado, a Igreja Católica na França lançou um apelo urgente pela mobilização de fundos para salvar a igreja, que estava começando a desmoronar. A catedral gótica do século XII, rodeada pelas águas do Rio Sena, recebe em média 12 milhões de visitantes ao ano, mais até do que a Torre Eiffel. 

Em 2013, a igreja, listada no Patrimônio Mundial da Humanidade desde 1991, completou 850 anos. Ela também é famosa por ser o cenário do romance "Nossa Senhora de Paris, do escritor Victor Hugo, publicado em 1831.

O edifício foi construído ao longo de 200 anos entre 1163, durante o reinado de Luis VII, e 1345. Dentro da igreja, há um acervo de importância artística inestimável, incluindo um órgão do século XVII ainda em funcionamento. Há também pinturas e gravuras que relatam a História da catedral e da cidade de Paris. Dezesseis estátuas de bronze haviam sido removidas na semana passada por conta das obras em curso.





 

 

 

Últimas notícias