Bauru - 22/07/2019 - 13h55

Gazzetta envia à Câmara projeto de lei que moderniza a gestão da Prefeitura

Redação/Assessoria

O prefeito Clodoaldo Gazzetta encaminhou na última sexta-feira (19/07), para a Câmara Municipal, o projeto de lei de criação do novo Organograma da Prefeitura de Bauru. O objetivo é a modernização e remodelação das estruturas de gestão de governo para promover a integração das políticas e serviços públicos municipais, dando mais transparência, celeridade e eficiência nas ações da Prefeitura. A última reforma no Organograma aconteceu há 26 anos.
 
De acordo com prefeito Gazzetta, a nova estrutura organizacional traz modificações importantes na forma de gestão da Prefeitura. Mesmo com a criação de novas Secretarias e o Instituto de Planejamento, a proposta reduz o número de cargos comissionados de livre nomeação em 27%, trazendo uma economia anual de aproximadamente R$ 15 mil reais.
 
Dentre as principais mudanças apresentadas, está a criação da Secretaria de Governo, que será responsável pelos setores estratégicos de comunicação social e gestão de convênios; a centralização das equipes de compras da Prefeitura, através da Coordenadoria de Licitações, que ficará sob responsabilidade da Secretaria de Economia e Finanças.
 
A Secretaria de Obras, Engenharia e Urbanização assumirá o setor de projetos que antes funcionava junto à Secretaria de Planejamento (Seplan), iniciativa que vai dar mais celeridade nos setores de obras públicas da Prefeitura.

A Seplan deixa de existir e suas atribuições serão divididas entre a nova Secretaria de Fiscalização e Licenciamento e o Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Urbano de Bauru. “Isso é um sonho antigo da nossa cidade e que passará a concentrar as ações relacionadas ao planejamento e desenvolvimento urbano, com ações nas áreas dos instrumentos urbanísticos, patrimônio histórico, mobilidade urbana, projetos viários, geoprocessamento e habitação, definindo caminhos sustentáveis de crescimento e desenvolvimento para Bauru”, afirma Gazzetta.
 
Algumas secretarias, além de mudar suas estruturas, também mudam de nome, como a Secretaria de Bem-Estar Social, que passa a ser Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania. A Secretaria de Meio Ambiente passa a ser Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável. E a Secretaria de Desenvolvimento Econômico passa a ser Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação. A Secretaria de Administrações Regionais passa a se chamada de Secretaria das Subprefeituras e ficará responsável pelas sete subprefeituras que estão sendo criadas: São Geraldo, Mary Dota, Bela Vista, Falcão, Geisel/Redentor, Independência e Tibiriçá, que substituirão as atuais regionais.
 
A Prefeitura de Bauru, que recentemente foi considerada a terceira melhor cidade em Gestão Pública do Brasil, pelo ranking do Índice de Governança Municipal (IGM), do Conselho Federal de Administração (CFA), com o novo Organograma pretende melhorar ainda mais a gestão e a integração das políticas públicas na cidade.
 
O projeto de lei do novo organograma da Prefeitura de Bauru segue para análise e aprovação na Câmara Municipal.

Últimas notícias