Bauru - 12/02/2020 - 14h15

Audiência Pública espera 'pente fino' nas dívidas da Cohab


Por iniciativa da vereadora Chiara Ranieri (DEM), a Câmara Municipal de Bauru promove, nesta quinta-feira (13/02), às 8h30, Audiência Pública para esclarecimentos sobre as dívidas da Companhia de Habitação Popular de Bauru (Cohab), com Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), com o Seguro Habitacional e com construtoras.

Foram convocados e já confirmaram presença o diretor-presidente da órgão, Arildo Lima Júnior; o diretor administrativo e financeiro, Marcos Garcia; e a gerente jurídica, Andrea Salcedo. Estão convidados o prefeito de Bauru, Clodoaldo Armando Gazzetta, e todos os interessados da sociedade.

"Convocamos os novos gestores da Cohab para que apresentem a realidade das dívidas da companhia. Parece que tudo o que foi apreciado até então [sobre contas e dívidas da Cohab] não estava sendo colocado às claras", explica Chiara, em referência à gestão do ex-presidente Edson Bastos Gasparini Júnior.

"Precisamos entender o que são essas dívidas e qual o montante exato para fazermos um trabalho de acompanhamento e fiscalização, já que as dívidas da Cohab impactam diretamente no Orçamento da Prefeitura", completa.

Para a vereadora, o que for debatido na Audiência Pública também ajudará a Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Cohab, recém-aprovada na Câmara.

Participação
Para quem não pode comparecer à Câmara na próxima quinta-feira (13), é possível participar da Audiência Pública encaminhando perguntas, comentários ou sugestões pelo WhatsApp (14) 98119-5511 ou por mensagens na página oficial da TV Câmara Bauru no Facebook – www.facebook.com/tvcamarabauru.

As discussões serão transmitidas ao vivo (Canal 31.3 UHF Digital | Canal 10 NET | Portal Legislativo | YouTube | Facebook).

As contribuições são lidas e discutidas ao vivo. Para isso, é necessária identificação com nome completo e instituição que representa ou o bairro onde mora. Mensagens anônimas, ofensivas, com conteúdo impróprio ou que não tenham relação com o tema em debate serão descartadas.

Como existe horário pré-estipulado para o início e o término da audiência, quando não houver tempo para a leitura de todas as perguntas e comentários, o material será direcionado aos órgãos pertinentes.

Últimas notícias