Bauru - 21/02/2020 - 16h50

Passaredo deixará de operar em Bauru


Quatro meses depois de chegar à Bauru, a Voepass Linhas Aéreas, anteriormente Passaredo Linhas Aéreas, anunciou nesta sexta-feira (21/02), que deixará de operar na cidade a partir de 29 de março de 2020.

Em nota (confira abaixo), a empresa afirma que o excesso de oferta de voos ligando Bauru a São Paulo, com preços abaixo dos mínimos necessários à cobertura dos custos operacionais, motivaram a paralisação das operações no aeroporto Bauru – Aeroporto de Arealva (JTC).  

A Voepass também explica que todos os passageiros que adquiriram passagens para voos posteriores a essa data serão reacomodados em voos de outras companhias ou terão o valor do bilhete reembolsado sem qualquer taxa ou penalidade, conforme determina a regulamentação da ANAC.

Aeroporto Moussa Tobias
A empresa Voepass, então Passaredo, começou a operar em Bauru no dia 27 de outubro de 2019, com aviões  ATR-72,  com capacidade para transportar até 72 passageiros. Inicialmente, eram oferecidas três opções de horários para saídas e chegadas, de segunda a sábado.

Em 2019, de acordo com o Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (DAESP), o Aeroporto Estadual Moussa Nakhl Tobias (Bauru/Arealva) registrou alta de 1,67% na movimentação de passageiros e 59,31% de aeronaves. Transportando 137.149 passageiros.

O aumento, ainda segundo o DAESP, foi devido à redução do ICMS que incide sobre o combustível de aviação. Na época da divulgação dos dados, em 05 de fevereiro, Bauru foi considerada um exemplo: "Bauru é um exemplo de aeroporto que teve seus voos ampliados graças à redução de ICMS. O aeroporto da cidade tinha voos da Latam e da Azul. Neste ano, passou a receber também viagens da Passaredo", afirmava a nota divulgada pelo departamento.


Confira a nota na íntegra:

Comunicado VOEPASS
A VOEPASS informa que devido a uma readequação de sua malha operacional deixará de operar a rota Bauru (JTC)/São Paulo (CGH) a partir do dia 29 de março. A companhia esclarece que o excesso de oferta de voos ligando Bauru a São Paulo, com preços abaixo dos mínimos necessários à cobertura dos custos operacionais, motivaram a paralisação das operações em Bauru – Aeroporto de Arealva (JTC).

Todos os passageiros que adquiriram passagens para voos posteriores a essa data serão reacomodados em voos de outras companhias ou terão o valor do bilhete reembolsado sem qualquer taxa ou penalidade, conforme determina a regulamentação da ANAC.

Os passageiros serão contatados pela empresa para as resoluções com relação a reacomodação ou reembolso. Para mais informações poderão também entrar em contato através do SAC 0800 7703757 ou pelo e-mail [email protected]

Últimas notícias