Cultura - 03/11/2019 - 07h55

S’obras poéticas: Luiz Martinello lança novo livro de poesias


Na terça-feira (05/11), às 19h28, será o lançamento do livro “S’obras poéticas", do professor e poeta Luiz Vitor Martinello. A obra contém a reunião da maior parte das poesias do autor, além de poemas inéditos.

S’obras Poéticas foi viabilizado por meio do Programa de Estímulo à Cultura da Secretaria de Cultura, pelo edital 2017. O projeto foi desenvolvido por Tiago Augusto Corrêa, que foi aluno de Vitor e é o proponente do Projeto. Ele conta que a obra de Vitor sempre o atraiu: “quando eu pensei em seguir a carreira de editor eu queria muito trabalhar com a obra do Vitor. Mesmo sem ter pesquisado muito eu já sabia que era uma obra que as pessoas mais velhas da cidade conhecem, mas os mais novos não. O Projeto busca justamente um público mais contemporâneo”.

Os poemas de Vitor por vezes são curtos, ou no estilo poema-piada. Como o próprio autor diz, ele se divide “entre os sinos da igreja e as tentações feéricas dos shopping-centers”. Isso se deve ao fato de Vitor ter começado sua escrita quando era seminarista. Sua poética aborda também o consumismo, tema que atingiu o auge com o poema “Final, Feliz Natal” que foi inserido em um livro didático e gerou polêmica nacional, por ser considerado blasfemo.

Veja um exemplo:

Pobre Beethoven

Em louvor à musa

um som preenche (inútil)

a sala de concertos

porquanto, alheia

ela, em um devaneio místico

crava fixamente seus olhos

na bolsa louis vuitton

que paira elegante

no colo da moça ao lado

Vitor fez parte da efervescência cultural que atingiu a cidade de Bauru nas décadas de 1980 em diante, da qual participou também poetas como José Carlos Brandão, João Nicodemos, Duka, entre outros. Ele participou também do Grupo Apenas, que lançava uma revista com poesias.

S’obras poéticas contém os livros “Mãos nos bolsos” (1978), “Os anjos mascam chicletes” (1983), “Lixeratura” (1990), Me apaixonei por mim mesmo mas não fui correspondido (1999), além de “Afetivos” que são poemas sobre a família e amigos, lançados pela primeira vez com outros poemas novos. O livro contém também ilustrações feitas pelos artistas bauruenses Ana Zequin, Caroline Gomes, Greifo e Mosca, e uma seção com reportagens antigas que contam a história do autor.

Pra quem quiser conhecer o escritor, toda semana o poeta declama uma de suas poesias, que são divulgadas no Instagram @lvitormartinello . É possível também acompanhá-lo no facebook https://www.facebook.com/lvitormartinello/

Serviço
Lançamento de “S’obras Poéticas”, de Luiz Vitor Martinello
5 de novembro
Local: Centro Cultural “Carlos Fernandes de Paiva”
Av. Nações Unidas, 8-9
Horário: 19h28

Últimas notícias