Geral - 18/09/2018 - 07h50

Governo instala Conselho Nacional de Segurança Pública

G1/Guilherme Dias

O presidente da República, Michel Temer, e o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, instalaram nesta segunda-feira (17) o Conselho Nacional de Segurança Pública e Defesa Social.

O colegiado permanente formaliza a implantação do Sistema Único de Segurança Pública (Susp), que prevê a atuação conjunta de diferentes órgãos de segurança federais, estaduais e municipais. Farão parte do sistema, por exemplo, a Polícia Federal e as polícias civis e militares.

Na cerimônia, o ministro da Segurança anunciou que estabeleceu uma meta de reduzir em 3,5% os homicídios nos próximos dois anos.

"A partir dos objetivos de desenvolvimento sustentável que o governo brasileiro assumiu com a ONU em 2015, nós estamos estabelecendo uma meta de redução de 3,5% ao ano nos homicídios verificados no Brasil", disse.

Ele ressalvou, porém, que a meta ainda precisará ser discutida com os estados, que são os entes da federação responsáveis pela segurança pública.

"Isso, evidentemente, terá que ser pactuado com os estados porque sobre eles é que recairá grande parte desse esforço", afirmou.

Jungmann reconheceu que o fato de o governo Temer acabar em poucos meses poderá dificultar o cumprimento da meta, mas argumentou que a ideia é deixar "um legado".

Últimas notícias