Geral - 20/12/2018 - 16h25

CNH Digital agora pode ser gerada pelo aplicativo

Redação/Techtudo

A Carteira Nacional de Habilitação Digital (CNH Digital) agora pode ser gerada remotamente, por meio do app para celulares e tablets, sem a necessidade de ir ao Detran ou de obter o certificado digital. A autenticação pode ser realizada toda via aplicativo, com o uso de reconhecimento facial. A novidade foi anunciada nesta quinta-feira (20/12), pelo Ministério das Cidades junto com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro). Antes disso, o motorista precisava comparecer ao Detran onde a CNH foi emitida para confirmar alguns dados pessoais (caso não possuísse o certificado digital).

A carteira em formato digital segue válida apenas para documentos emitidos a partir de maio de 2017. Para usar o novo recurso, o usuário precisa ter a CNH com QR Code impresso no verso do documento e fazer o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), disponível de forma gratuita na Google Play, para Android, e App Store, para iPhone (iOS). Mais de 26 milhões de brasileiros já contam com a carteira com o código de barras bidimensional.

Segundo o Ministério, a necessidade de atendimento presencial limitava a adoção do documento digital. A expectativa é que a procura seja maior, já que o usuário pode usar o app para ler o código QR da carteira física e realizar uma etapa de validação biométrica diretamente pelo aparelho, por meio da câmera do telefone.

Passo a passo
Para obter o documento eletrônico, é preciso fazer o download do aplicativo Carteira Digital de Trânsito (CDT), disponível gratuitamente na Google Play e App Store. A CNH Digital poderá ser acessada pelo dispositivo móvel mesmo off-line, ou seja, sem internet.

Após realizar o cadastro no aplicativo o usuário recebe um e-mail e deve clicar no link para ativar o registro. Em seguida, deve-se fazer login no aplicativo e clicar em “adicionar documento”, que será a CNH Digital.

A CNH Digital pode ser emitida de três maneiras: “pelo celular”, “com certificado digital” e “sem certificado” (comparecimento ao Detran). Se a opção for "pelo celular", o usuário deve primeiro usar o seu dispositivo móvel para ler o QR Code, que fica na parte interna da CNH em papel.

Depois, ele faz a chamada “prova de vida”, um movimento físico do usuário lido pela câmera do celular para garantir que ele é a mesma pessoa que está sendo identificada. Depois de confirmar a validação, será necessário informar o número de telefone celular para ter acesso a CNH Digital no dispositivo móvel.

O aplicativo vai solicitar ao usuário a criação de uma senha de quatro dígitos, chave de acesso a qual deverá ser inserida toda vez que o documento digital for utilizado.

CRLV Digital
Além da CNH, o aplicativo Carteira Digital de Trânsito poderá carregar também uma versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). No entanto, ao contrário da carteira de habilitação, ainda são poucos os estados que aderiram ao documento digitalizado de veículo. Por enquanto, o CRLV Digital está disponível no Ceará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pernambuco e Rondônia.

Últimas notícias