Música - 27/12/2018 - 17h00

Billie Lourd divulga vídeo emocionante 2 anos após a morte de Carrie Fisher

Redação

Billie Lourd divulgou vídeos emocionantes 2 anos após a morte de sua mãe, Carrie Fisher. No texto publicado no Instagram, Lourd diz que não sabia muito bem o que fazer na data, mas decidiu lembrar a mãe com algo que as duas gostavam de fazer juntas: cantar:

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

🎏🅾️®️ ♏️🅾️♏️🅱️🌱It has been two years since my Momby’s death and I still don’t know what the “right” thing to do on a death anniversary is (I’m sure a lot of you feel the same way about your loved ones). So I decided to do something a little vulnerable for me, but something we both loved to do together - sing. This is the piano her father gave her and this was one of her favorite songs. And as the song says, we must “keep on moving”. I’ve found that what keeps me moving is doing things that make me happy, working hard on the things that I’m passionate about and surrounding myself with people I love and making them smile. I hope this encourages anyone feeling a little low or lost to “keep on moving”. As my Momby once said, “take your broken heart and turn it into art” - whatever that art may be for you. ❤️

Uma publicação compartilhada por Billie Lourd (@praisethelourd) em


 

"Esse é o piano que seu pai deu para ela e essa é uma de suas músicas favoritas. Como a música diz, precisamos seguir em frente. Descobri que o que me faz seguir é fazer coisas que me deixam feliz, trabalhar duro com o que sou apaixonada e me cercar de pessoas que eu amo e fazê-las sorrir. Espero que isso dê forças para quem estiver se sentindo pra baixo ou perdido a continuar seguindo em frente. Como minha mãe disse uma vez, pegue o seu coração partido e o transforme em arte - o que quer que essa arte seja para você".

Carrie Fisher, conhecida pelo papel de Leia na franquia Star Wars, morreu em 27 de dezembro de 2016 após ter um infarto em 23 de dezembro. Ela ficou internada por vários dias, mas não resistiu após um segundo colapso cardíaco. Um dia depois, em 28 de dezembro de 2016, sua mãe Debbie Reynolds também morreu vítima de um acidente vascular cerebral.

 

 

Últimas notícias